CAMP Notes on Fashion

Ontem, dia 8 de maio, tive o prazer de ir visitar a exposição CAMP Notes on Fashion, que acontece sempre depois do MET Gala, evento que reúne diversos nomes da moda e celebridades em uma noite cheia de estilo e grandes roupas. E neste ano, o tema foi Camp, que é um termo que foi muito usado na cena drag de anos atrás e se refere a tudo que é extravagente também.

 

“O trabalho curatorial de Andrew Bolton, do Costume Institute do museu, partiu do ensaio da autora Susan Sontag “Notes com ‘Camp'”, de 1964, que coloca o conceito de camp – excêntrico em inglês – como o amor “pelo o que não é natural – fantasioso, exagerado”

E hoje, dia 9 de maio, a exposição abre ao público e que tal conferir algumas das composições expostas? Alias, corre que no meu insta tem uma cobertura super bacana da exposição.

E para não deixar de fora, confira os looks das celebridades que estavam no MET Gala:

 

Espero que tenham gostado e não deixe de ir até o meu instagram para conferir de pertinho a exposição. Qual você mais gostou? Deixe seu cometário e use a hashtag #gogoia #gogoia30, vou amar ver os posts de vocês


Como dar o nó perfeito?

Você sabe dar nó em gravata? Acompanhe este passo a passo que é sem erro! E para os caras que pensam que já dominam a arte de nós em gravata, nunca é uma má idéia verificar novamente se está dando o laço perfeito.

Encontramos um tutorial super-explicativo no Youtube para te ajudar e facilitamos com o passo a passo:

1- Passe a gravata por trás do pescoço.

2- Enlace as duas pontas, passando a mais grossa por cima da mais fina, dando apenas uma volta. Repita o gesto, deixando a faixa mais grossa por cima da outra

3- Observe que você já tem um nó, agora só tem que fixá-lo passando a faixa grossa por dentro dele

4- Ajeite, aperte e coloque um grampinho, se necessário. Não se esqueça de que a parte mais fina fica escondida sob a grossa

Quer fazer uma gravata borboleta? Tudo bem! Também tem um video super bacana da GQ que explica a forma mais prática do mundo de como resolver isso, dá uma olhada:


As senhoras que arrasam no Instagram

Quando você pensa em uma senhorinha, como você a imagina? Se a imagem que veio a sua cabeça foi uma senhora sentada numa varanda, com netinhos e pedindo ajuda para mexer no computador você está muitíssimo enganado.

 

Hoje quem domina as rede sociais, em especial o Instagram, não são apenas as novas gerações, mas a terceira idade também está bombano! E por isso separei algumas contas de senhoras maravilhosas e super estilosas para você seguir!

1.Baddie Winkle 

Essa aqui já é super famosa e tem um super destaque nas redes. Talvez seu rosto não seja estranho, ela é amiga de grandes celebridades com a Kim Kardashian e Miley Cyrus, e já fez diversas campanhas para mar

  1. Sarah Jane Adams 

Aos 64 anos, ela super poder ser garota modelo da Adidas – ela está sempre usando algum modelo da marca, mas sempre compondo com seu estilo super original!

  1. Tziporah Salamon

A modelo e designer de 69 anos Tziporah se tornou a muda do fotográfo de street style  Bill Cunningham. Ela encara a moda e o estilo de se vestir como uma verdadeira obra de arte

  1. Beatrix Ost 

Aos 78 anos, esta alemã que mora em NY é artista, produtora de teatro e cinema, designer, atriz, escritora e não pretende parar tão cedo!

  1. Desiree Woman 

Para uma apaixonada por peças vintagens Desiree assumiu o lema da sua vida como sendo: “envelhecer vergonhosamente” rs

Eu estou apaixonada por estas senhoras e já quero adotá-las como minhas avós haha quem mais adorou elas?


Diferentes calças curtas: dá pra usar sim!

Se você está querendo explorar um novo estilo ou sempre namorou as pantcourts, mas não sabia como usar, este post é para você. Essa peça de roupa causou muito bafáfá, mas hoje a aceitação está muito maior já que com o tempo as pessoas foram aprendendo a usar e ver quais tipos de pantacourt ficavam melhor no seu corpo. Aliás, o truque para que qualquer peça cai bem e você se sinta bem, é conhecer suas formas e entender o que fica bom e bacana.

1. Soltinhas

2. Elegantes

3.Jeans

4. Coloridas e Estampadas

Curtiu? Então arrasa na composição dos seus looks e marca a hashtag #gogoia #gogoia30 para que eu veja suas fotos no Instagram, vou amar ver cada uma 🙂


Verdadeira ou Falsa? Vem saber como descobrir!

Verdadeira ou Falsa? A gente sempre fica na dúvida quando vê uma bolsa de grandes marcas sendo vendidas na internet ou em outros lugares por um preço melhorzinho, mas nem sempre a pessoa que compra está fazendo um bom negócio, sabia?

 

Devido à alta procura e desejo das consumidoras em adquirir uma bolsa de luxo, a revenda desses artigos seminovos se torna cada vez mais comum. Motivo pelo qual marcas como Chanel, Louis Vuitton, Gucci, Balenciaga, Jimmy Choo, Chloé, Dior, Fendi e Prada são alvos de produção de réplicas que são vendidas como originais.

 

Porém, quem conhece a fundo o mercado de luxo sabe identificar os detalhes que tornam essas peças autênticas. Quer descobrir se a bolsa é de verdade? Segue algumas dicas para identificar as bolsas verdadeiras de marcas célebres.

LOUIS VUITTON

-Couro legítimo: O couro utilizado para fabricação das bolsas Louis Vuitton são de excelente qualidade, apresentando um envelhecimento específico e maravilhoso com o uso;

-Cada peça tem o monograma formando uma estampa, que sempre está alinhada e simétrica. Verifique o encontro das estampas nas costuras e aplicação de bolsos.

-Verifique se os fechos e puxadores dos zíperes possuem inscrição com a logomarca;

-Os códigos de autenticidade das bolsas Louis Vuitton, presentes no interior dos produtos, possuem letras e números. Podem ser apresentado de diferentes formas: em uma etiqueta interna ou gravado diretamente no forro, seja ele de couro ou outro material;

.

CHANEL

-Se encontrar resíduos de cola no couro da bolsa, atenção! As réplicas são coladas, enquanto as originais são todas costuradas;

-Observe a sobreposição dos C’s no fecho da bolsa. As originais apresentam o C da direita sobre o C da esquerda na parte superior e, na parte inferior, o C da esquerda sobre o C da direita;

–  Na parte de trás do fecho, no interior da bolsa, encontram-se duas palavras: Chanel (à esquerda) e Paris (à direita);

.

GUCCI

– Os G’s que formam o padrão das peças da Gucci devem estar visíveis e padronizados, e não borrados ou cortados. As bolsas em couro possuem o GG marcado no couro, formando uma estampa, nunca impressos em cima da superfície do produto.

-O número de cada peça da Gucci está na parte de trás da etiqueta interna, o número superior indica o código do modelo da bolsa. Para os modelos atuais, esse número possui 6 dígitos. A logo da Gucci deve ser limpa e precisa, e possuir o inscrito “Made in Italy” embaixo.

Agora com essas dicas práticas você nunca mais será enganado por comerciantes de má fé e vai saber direitinho quando a bolsa for verdadeira! Ai ai…já tem tanta falsidade no mundo que pelo menos a bolsa pode ser original, né? haha


Passagem de avião: quando comprar?

Viajar é uma delícia, não é mesmo? Eu amo conhecer novos lugares pelo Brasil e pelo mundo, mas a gente precisa se planejar muito bem para não gastar dinheiro à toa. Afinal, as passagens podem ser a parte mais cara da viagem, mas eu juro que sempre tem formas de encontrar um bilhete de avião por preços bacanas e acessíveis.

 

  1. Se organize bem: antecedência é a palavra de ordem! Pense nas suas férias e folgas do trabalho e pense na melhor época. Dica: leve em conta tentar ir em baixas temporadas, os preços estão sempre melhores.

  1. Existe o melhor dia e horário para comprar e viajar sim! E são também os dias menos populares: terças, quartas e sábados. O dia e horário mais barato para comprar passagem é terça-feira às 3h. Anota aí e as vezes dormir mais tarde vale a pena para economizar rs

 

  1. Repense o tamanho da sua mala: viajar apenas com a mala de mão pode reduzir os custos da passagem! Você precisa mesmo levar tanta coisa?

  1. Compare sempre os aplicativos e sites de passagens, em alguns deles, a mesma companhia e voo aparecem com preços diferentes. Deixa a preguiça de lado e vai checando tudinho

 

  1. O Google Flights, Decolar, MaxMilhas e SkyScanner são bons sites para começar a comparação. Confia que vai dar certo!

Viajar é uma delicia e não precisa ser caro! Como vocês viram, é só se planejar que tudo vai ser perfeito pra você poder usar o dinheiro em outras coisas durante a sua viagem. E aí, qual seu próximo destino? Eu já tenho o meu e já já vocês vão saber. Fiquem de olho no site porque o vocês conseguem achar dicas do meu próximo destino nos próximos posts 🙂

Bon voyage e até breve!


Casa estampada? Dá sim!

Isso de minimalismo é muito chique e bacana, mas vamos combinar que mesclar a decoração com estampas e cores dá super certo também.

E se você é desses que curtem dar um toque especial no visual da casa, esse post é pra você.

Da sala à cozinha, passando pelo banheiro e quarto, mergulha nessas referências lindíssimas e se inspirem!

1- Sala de Estar

2- Cozinhas

3- Banheiros

4- Quartos

E vocês viram que não se limita aos móveis, né? Explore as paredes e chão de sua casa! Eu amo as any possibilidades que a gente tem na hora de explorar a criatividade para decorar nossos lares. Curtiu? Compartilha com a gente seu cantinho estampado usando a hashtag #gogoia. Vou amar ver cada foto!


Final de Semana chegou, o que fazer?

Final de semana bate à porta e é sempre bom ter algumas ideias do que fazer para aproveitar bem o sábado e domingo, não é mesmo? Seja curtindo um momento em casa ou saindo para bons passeios, separei algumas dicas super bacanas para você não ter dúvidas do que fazer.

 

Se você quer sair de casa e conhecer uma feirinha super bacana, neste final de Semana vai estar rolando a Feira Literária de Santa Tereza, a FLIST, e o grande homenageado desta edição é o grande compositor Chico Buarque e também serão homenageados o ilustrador Ivan Zigg, o educador Paulo Freire e a escola de design alemã Bauhaus. Ou seja, vai ter muita arte e coisas bacanas para fazer! Quer mais? Dez restaurantes estarão participando do evento com pratos pensados em letras e trajetória do Chico Buarque!

“Ahh Gogoia, mas queria só um programinha pra relaxar e comer”. Tá ok, tem programa pra você também: esse é o último final do Brunch Weekend, evento que já rolou em São Paulo e neste mês de Abril veio pro Rio. Clica aqui no link para conferir todos os locais e cardápios especiais por um preço super bacana! Tem para todos os gostos 

 

E para quem quer séries ou filmes, vamos lá! Dumbo tá sendo super aclamado pela crítica e é uma dos primeiros na minha lista. O clássico filme recebeu uma adaptação que tá dando o que falar! E se a ideia é maratonar uma série, recomendo que dê uma chance para The OA, minha equipe não parou de falar sobre essa série desde que saiu a segunda temporado e estou tentada e assistir as duas temporadas nesse fim de semana rs

Agora vocês já tem tudo pra fazer o fim de semana dos sonhos, não é mesmo? Escolhe a sua vibe e se joga!


Vestidos e Saias Tamanho Max

Maxi tecidos, maxi estampas e até maxi minimal! Os maxi comprimentos de saias e vestidos são peças que desde sempre vieram pra ficar. Eu sempre falo que na moda tudo vai e volta, de tempos em tempos as “tendências” são recolocadas de uma nova forma mas sempre baseado em algo que já aconteceu.

Não é preciso muitos acessórios para destacar seu look com o maxi comprimento. Maaaaaas tem que ter estilo para sustentar o visual!

Mistura de estampas, cores, e texturas é o que vai dar o TCHAN na montação. E isso você vai adaptar de acordo com seu estilo.

“Ai Gogoia, eu sou muito mais básica que isso!” – Pois é, eu também! Mas tem outras formas de usar o longo que fica lindo… Com camisas brancas, regatas ou até a t-shirt branca básica.

Pra finalizar, não posso deixar de mostrar modelos Maxi para as ocasiões especiais. Seja casamento, formatura ou qualquer evento que peça uma super produção, as saias com tecidos mais pesados ou combinadas com maxi jóias, fazem o look ficar Deuso!


A história das roupas indianas

O traje indiano tradicional assumiu significado político durante a luta pela independência da Índia do domínio britânico na primeira metade do século XX. Mohandas Gandhi famosamente usou a dhoti e xale indiano tradicional. A dhoti é uma faixa retangular de tecido de cerca de 90 cm de comprimento. Os homens usam a dhoti embrulhada e amarrada em torno de suas pernas e cintura. Gandhi produzia suas próprias roupas. Na Índia, a escolha de Gandhi de vestuário se tornou politicamente significativa, porque se ligou ao movimento para rejeitar produtos britânicos e apoiar produtos e tradições indianas.

Sari (saree)

O sari, por vezes escrito “saree”, é uma longa faixa de pano despontado que as mulheres drapeiam sobre o corpo de várias maneiras diferentes. No final do século 20, a maneira mais comum de usar o sari é a de envolvê-lo ao redor da cintura e jogá-lo sobre o ombro. As mulheres usam o sari sobre uma anágua e uma blusa de manga curta equipada chamado de “choli” ou “ravika”.

Dhoti

Os estados indianos ocidentais de Rajasthan, Gujarat e Maharashtra têm um grande número de homens que continuam a usar a dhoti. Existem muitas variações regionais em como os homens usam a dhoti em toda a Índia. Em Gujarat, por exemplo, os homens usam o dhoti com uma kurta curta em cima, chamada de “kediya” (uma kurta é uma túnica abotoada pela frente até a metade). A dhoti também está sujeita a várias regras de etiqueta. Na parte sul da Índia, os homens às vezes puxam a dhoti e dobram a parte superior em volta da cintura — a dhoti então termina um pouco abaixo dos joelhos. No entanto, muitos acreditam que falar com as mulheres com a dhoti usada desta maneira mais curta é indecente e desrespeitoso.

Kurta

A kurta teve origem na Pérsia e  ficou conhecida no ocidente por influencia dos ingleses. Em sua forma mais tradicional é composta por duas peças retangulares de tecidos, que são costuradas lateralmente sem nenhum recorte ou pense, para que não haja desperdício de tecido. As mangas também são retas, ou seja, não têm o punho mais afunilado. A modelagem da kurta é bem simples, embora possam existir bordados decorativos. Na parte lateral, deixam-se sempre duas aberturas, para dar livre movimento no andar. Normalmente a kurta tem uma abertura na parte superior da frente, que é fechada por botões. Em ocasiões menos formais, as kurtassão com botões de osso ou de plástico, podem ser de metais colocados como abotoaduras. A kurta tradicional não tem gola, no entanto, já existem versões mais modernas com golas e colarinhos.

No verão, usualmente utilizam-se kurtas de tecidos mais finos, como o algodão ou a seda. No inverno são utilizados tecidos mais grossos como a lã ou mistura de vários tipos de fibras.

As kurtas podem ser usadas com todos os tipos de calças indianas e até com calça jeans, o que chamamos aqui no Brasil de bata.

Sherwani

O sherwani é como um paletó indiano, enquanto a kurta é como a nossa camisa, ou seja, por baixo do sherwani é indicado usar uma kurta, assim como no traje formal ocidental, onde sempre usamos um terno, por exemplo, com uma camisa de algodão debaixo.

O sherwani lembra a roupa de um príncipe, com tecidos mais finos, de seda que os homens usam para dias festivos, enquanto a kurta são roupas do dia a dia do homem indiado, materiais mais simples de algodão para eventos mais informais.

Sherwanis são indicados para os casamentos. O casamento indiano é um evento muito luxuoso.

E aí, curtiram saber mais sobre a moda e o significado das roupas indianas? Compartilha com a gente sua opinião aqui nos comentários e me diz que tipo de curiosidade você gostaria de ver aqui no site.