Óleo de coco para os cabelos

São inúmeros os benefícios do coco. Seja sua água (que não tem nada melhor para se refrescar), a polpa, ou as infinitas utilidades com seu óleo.

O tão famoso óleo de coco é usado como emagrecedor, tempero para comidas diversas e matéria-prima para produtos de várias ordens. Agora, a nova modalidade é como “remédio” capilar e, claro, fomos testar.

A dica é bem simples:
1.Aplique antes do shampoo qualquer condicionador ou neutralizante com o Ph baixo, deixe agir de 2 a 3 minutos.
2.Remova com bastante água.
3.Aplique o shampoo deixe agir por 1 minuto, enxague e aplique novamente.
4. Finalize com seu condicionador de costume.
5. Dessa forma o condicionador além de ajudar a selar e neutralizar o óleo ele também vai desembaraçar e ajudar na aplicação do shampoo.
O resultado? O cabelo ficou MA-RA-VI-LHO-SO! Dá um brilho e maciez absurda.
Depois de testar que nós fomos procurar saber mais na internet e descobrimos que além do aspecto incrível, o óleo de coco é ótimo para a saúde dos fios.

Você consegue comprar facilmente em loja de produtos naturais, alguns mercados e até em farmácias.

Se jogue!


Cinco versatilidades para o seu blazer

A moda é assim: vai e volta, se renova, te inspira! O blazer, por exemplo, já foi tido como um item ideal para ocasiões sérias e formais – como casamentos -, e por isso ele acaba ficando guardado por meses até que surge outro compromisso “ideal”. Mas as portas se abriram para esta peça, e ela pode se tornar um verdadeiro curinga para seus dias!
Primeiro, saiba as características do blazer ideal para usá-lo de forma versátil:
Evite comprar um blazer muito ornamentado/enfeitado, pois isso irá torná-lo menos adaptável a outras combinações. Da mesma forma, uma jaqueta com brilhos ou simples demais não se encaixará em situações formais, como casamentos – portanto, botões dourados e estampas não são bem-vindos se você quer um item pronto para qualquer ocasião.

Um blazer de estampa lisa e cores uniformes são mais versáteis. Prefira os de dois botões com bolsos, pois será suficiente para qualquer ocasião. E tons escuros, como azul marinho, são perfeitos para escritório.
>Quanto à textura, o blazer, que é feito de lã, pode se tornar um incômodo durante o verão. A alternativa é dar preferência à lã fria, pois esses modelos de blazer são pensados para Primavera/Verão, portanto não esquentam em excesso.
Agora que você já sabe como deve ser seu blazer perfeito, veja como ele funciona em cinco combinações diferentes:

1. Blazer + T-Shirt branca + Jeans escuro: Dispensando o colarinho, o look fica menos formal e mais despojado, concorda?

Observe que a T-Shirt tem que ser justa e alinhada à sua silhueta. Não cai bem um blazer por cima de uma camiseta folgada – isso irá arruinar seu estilo!
Finalize combinando um calçado branco ou em tom claro, para harmonizar com a T-Shirt branca.

2. Suéter com capuz + T-Shirt + Calça chino: Conforto em um look mais a cara do inverno!

Nestes looks, casaco de lã para esquentar no inverno, seja ele um suéter, blazer ou cardigan, com ou sem capuz.
Não se confunda: a calça Chino parece calça de alfaiataria, mas na verdade é feita de algodão. Identifique pelo formato dos bolsos: se eles forem retos, a calça é Chino; se forem arredondados, é um jeans. Faça a combinação tanto para situações formais como para casuais.
Aqui, uma bota de cano alto ou tênis de lona finaliza o look mantendo o charme!

3. Blazer fechado + Camisa oxford + Calça chino: Do escritório para o happy hour

Sabe aquela combinação – camisa social e calça alfaiataria – que é praticamente seu uniforme de trabalho? Agora você pode aproveitá-la para ir ao happy hour, um passeio no parque ou um domingo com amigos!
O segredo é quebrar a formalidade do look, dispensando a gravata e optando por calças Chino, que parecem ser de alta costura, porém são de algodão. Temos, então, o look casual perfeito para escritório! Com o tênis o look fica esportivo, mas evite materiais como nylon – a formalidade do escritório pede um calçado trabalhado no couro ou materiais similares.

4. Blazer + Gola rolê + Calça de flanela: Sofisticado e discreto, para ocasiões formais ou finais de semana

Este um look é sofisticado, portanto a aparência polida e cores harmônicas é essencial. Se você usar um suéter de tricô mais grosso e encorpado, combine com um chapéu fedora de feltro e um sapato classudo: o charme é garantido neste look super sedutor!
Portanto, prefira acessórios discretos para não errar na mão e sapatos artesanais, estilo brogue ou oxford, caem bem!

.

5. Blazer + Gravata tricô + Suit trousers: Um laço discreto, porém charmoso, no pescoço!

Aqui, optamos por uma a camisa social azul-claro sem costuras. A gravata de tricot em um tom mais escuro fará você se destacar dos colegas dentro do escritório. Perceba o contraste entre as cores da camisa, calça e o laço escuro.
Agora é só organizar seu armário e visualizar as diferentes combinações entre seus acessórios e as peças. Divirta-se com estilo e não deixe de dar a sua cara ao visual!


A história do macacão

O macacão é uma peça de roupa versátil que faz parte da história da moda. Surgida em meados de 1790, era uma roupa de trabalho usada por homens. Seu material era feito de linho ou algodão resistente e na 1ª Guerra Mundial, começou a ser usada por mulheres que trabalhavam nas fábricas. Nos Estados Unidos nos anos 20, a peça se tornou uniforme de mecânicos pela sua resistência e praticidade.

Nos anos 30 o macacão saiu das fábricas e foi para as ruas como uma solução prática para roupas infantis. Logo após, nos anos 60, se popularizou e se tornou artigo de moda, usado por famosos como Elvis e Marly Mooron, tornando-se popular e um item do guarda-roupa de todas as classes e estilos.

O macacão também chamado de jardineira em Portugal é uma peça extremamente versátil e uma peça que nunca sai de moda. Longos ou curtos, em qualquer estação estão em alta. Nos dias de hoje existem inúmeros matérias para a confecção do macacão que geralmente possui um corte um pouco mais largo, combinando com o dia a dia.

Um clássico que nunca sai de moda é o macacão jeans. O jeans por ser neutro combina com todos os estilos, do básico ao fashion, dependendo da blusa, sapato e acessórios que acompanhem. E essa peça tão versátil pode ser usada de inúmeras formas com blusa preta, branca, chinelos, sapatos de salto, sapatilha, diversos acessórios, como colares e pulseiras.

Em geral os primeiros modelos eram soltinhos com as pernas largas, mas com as adaptações temos também aqueles mais justos, fazendo dessa peça uma solução eclética que combina com todos os formatos de corpo.

Os mais soltinhos quando combinado com acessórios, não tiram a feminilidade e combinam com todas as ocasiões.

A lavagem mais conhecida do jeans é azul, mas esta não é a única possibilidade de macacão jeans. Com diversas cores e combinações, o preto, por exemplo, além de ser uma peça chave é o mais básico das opções e deixa a silhueta aparentemente mais fina. As peças coloridas combinam com cores neutras como preto e branco. O macacão jeans também pode ser usado por crianças e adolescentes, pois além de versátil é super confortável, elegante e jovial.

Veja alguns modelos para te inspirar.


Quais filmes ver no Netflix?

Nada como ficar em casa maratonando uma boa série, vendo um bom filminho e curtindo o dia sem preocupações. Mas as vezes, quando eu vou procurar um filme no Netflix, dentre as milhares de opções, bate aquela dúvida do que assistir.

Um documentário? Um romance? Uma série? Ai ai….são opções demais e para não deixarmos a pipoca acabar antes mesmo do filme começar, separei algumas sugestões certeiras para vocês.

Então dá uma olhada nos trailers que escolhi para vocês, seleciona o que mais gostou e prepara sua pipoca. E não esquece de deixar seu comentário de qual mais gostou ou quais você sugere também, vou amar saber o que vocês recomendar.

1- O Sorriso de Mona Lisa

 

2- O Fabuloso Destino de Amélie Poulain

 

3- Star Wars: O Despertar da Força

 

4- Suite Francesa

 

5- Okja

 

6- Iris

 

 


O Novo (Velho) Jeans

Como é sua relação com o jeans? Ama, desgosta, usa pouco..?
De um jeito ou de outro, essa é uma peça chave que existe há anos e já passou por diversas fases, estilos e lavagens. Poucas pessoas sabem que originalmente o jeans foi criado para ser uniforme de operários. Como ele era feito de um material mais firme e durável, está peça era perfeita para ser usada pelos trabalhadores do campo e marinheiros.

Hoje em dia ela se transformou em um item essencial em nossos armários e com um sentido completamente oposto ao de sua origem.
Mas como o jeans ganhou tanta popularidade? Bom, ele começou a ser fabricado na Europa por volta de 1972 na França, mas o início de sua fama começou quando ela cruzou os mares em 1853 e chegou aos Estados Unidos. Lá ela foi patenteada pelo jovem judeu alemão, Levi Strauss, que percebeu a utilidade da peça para os mineradores.

O primeiro lote de calças tinha como código a numeração 501, que acabou se tornando o modelo mais famoso da conhecida marca Levi’s. O crescimento da produção e disseminação do jeans mundo a fora foi impulsionado pela Segunda Guerra Mundial, quando as fardas dos soldados eram feitas desse material e foi usada como símbolo de virilidade.
E é claro que as clássicas calças jeans passaram por por vá e várias mudanças: em 1860 acrescentaram os botões de metal, em 1886 coseram as etiquetas de couro no cos da calça e só em 1890 que a cor azul índigo foram usadas nas calças.

Curiosamente o jeans foi uma peça que passou por um processo diferente, saiu da “massa” e que chegou até os estilistas e amantes da moda.
E se pararmos para analisar o street style dos fashionistas que passaram por todas essas últimas temporadas de moda, as calças jeans apareceram vestindo a maioria deles.
Seja o comprimento cropped, rasgado, com franja, flare ou o jeans mais pesado, o que tá todo mundo usando é a tal da calça com aspecto total vintage e o comprimento na canela.
E você, qual prefere? Mando foto pra gente, usa a #gogoia e comenta aqui. Vai ser nosso prazer ver e compartilhar o que vocês estão vestindo


Como remover arranhões dos sapatos?

Cada sapato é feito de um material, que por sua vez exige cuidados específicos para não ficarem gastos rapidamente. Para quem mantém o hábito de conservá-los para que durem mais tempo, buscamos uma dica ótima para você remover sujeiras e arranhões sem danificar a textura ou o revestimento dele.

Esta dica vale principalmente para sapatos em cores claras, como branco ou gelo, e tons pasteis. Ele vai ficar novinho em folha!

Você vai precisar de:

  • Haste flexível plástica com algodões (ou seja, cotonetes) + removedor de esmalte de unhas
  • Solução de sabão + água

1° Passo: Mergulhe uma haste plástica no removedor de esmalte, e esfregue os algodões umedecidos sobre as manchas no sapatos.

2° Passo: Após retirar todas as manchinhas, esfregue, com algodão, a solução de sabão e água. Ele vai ficar brilhando!

Não se esqueça de guardar seus sapatos em caixas ou sacolinhas de tecidos para protegê-los de ações externas e de poeira. Assim você os mantém limpinhos e prontos para durar bastante tempo!

Prontinho, agora você pode manter bens seus sapatinhos.

Curtiu a dica? Então não esquece de compartilhar com aquela amiga que tá precisando de uma ajudinha rs


Curiosidade sobre a alta-costura

Alta-costura, se eu te perguntar, você sabe me dizer o que realmente significa? já é conhecido por muita gente que grifes como Christian Dior e Chanel são de alta-costura, mas e aí, o que isso quer dizer, afinal?

De acordo com o Ministério Francês da Indústria e Fédération Française de la Couture, existem regrinhas pra se enquadrar no termo como ter clientes VIP, preços sob medida, um ateliê em Paris com no mínimo 20 profissionais e duas coleções por ano, com vestuário diurno e noturno.

Não é pra qualquer um, né? Mas saiba também que a alta-costura influência as peças que você veste, pois é inspiração pra coleções que chegam até nós!

Agora vocês sabem um pouco mais sobre este universo e como ele chega até nós de uma maneira um pouquinho diferente. Tem alguma pergunta ou questão sobre o assunto? Compartilha comigo clicando aqui, vai ser um prazer responder vocês. 


Nova era e muitas novidades!

Olá, queridos e novos (ou antigos) leitores,

Eis que neste início de ano não oficial -afinal, tudo começa depois do Carnaval rs- é com muito prazer e alegria que venho dar às boas vindas a cada um de vocês neste resgate de um antigo projeto que deu muito certo e agora está voltando com uma nova cara, proposta e ideias.

Tudo começou há 4 anos atrás com o desejo de criar uma plataforma em que pudéssemos compartilhar novidades, dicas e ideias. Agora voltamos força total!

Neste novo site, tenho certeza que iremos restabelecer nossa dinâmica e criar coisas maravilhosas para os próximos anos. A proposta é sempre trazer conteúdos bacanas para vocês, atualizá-los dos meus trabalhos, novidades que vem por aí, além de um espaço para vocês enviarem perguntas, sugestões e ideias e a gente manter nossa relação sempre em dia.

Espero que você gostem e mergulhem nesta nova fase comigo.


Malas para viajar

Oi, gente,

Este post é especialmente para quem ama viajar – seja no início, meio ou fim do ano – mas não sabe qual mala levar. Pensando nisso, eu reuni alguns truques que aprendi com as minhas viagens pra você não se atrapalhar, o que acham?

O primeiro passo é escolher um modelo que seja compatível ao seu destino. Isso inclui pensar no tempo que você vai passar fora, meio de transporte, conteúdo a ser levado e locomoção. As malas flexíveis, conhecidas também como bolsa para viagens, geralmente têm bases rígidas, compartimentos e são carregadas pelas alças – essas são ótimas opções para quem vai levar menos roupa e quer praticidade.

O modelo é indicado pra viagens com pouca duração e que não seja preciso levar muitas roupas, pois as peças tendem a amassar e os objetos não ficam muito protegidos, fora o peso pra carregar, né? As mochilas são ótimas pra quem vai viajar por pouco tempo ou então pra quem vai fazer um mochilão ou visitar muitos lugares por meio de transporte rodoviário ou ferroviário.

Há também as malas com rodinhas (as minhas preferidas pra qualquer caso), indicadas tanto pra viagens curtas quanto as de longa duração. Nesse caso é só pensar no tamanho ideal pra cada situação.

Outra coisa indispensável é colocar identificação na mala, além de um cadeado pra proteger os seus itens pessoais, principalmente em viagens internacionais. Quando o aeroporto não permitir cadear a mala (muitos nos EUA não permitem), não abra mão pelo menos do lacre! É só pedir no check in! Mas claro, nada de objetos de muito valor dentro da mala pra despachar, né? Esses itens você leva na malinha de mão. Espero que você aproveite ainda mais a viagem com estes conselhos e nos vemos no póximo post!

Até já e boa viagem!


Reinventando o estilo

Eu só digo uma coisa: aqueles que acreditam no impacto positivo que as peças marcantes tem estão completamente certos. Escolher opções que brincam com a quebra de tudo “combinadinho” é genial e resultam em composições muito bacanas e originais.

E fazer buscas de referências para o meu trabalho tem se tornado sinônimo de renovar a esperança no estilo das pessoas. As tendências vem se renovando, se reinventando e se adaptando à estética de cada um.

De saltos impressionantes até casacos que ficarão em nossas cabeças, algumas peças provam o poder dos ítens marcantes no armário que mexem com as pessoas. Dá uma olhada nas imagens que separei para verem o que estou dizendo.

Espero que gostem se inspirem!

Até o próximo post.