Ao infinito e além...

Não é possível que alguém tenha dúvidas de que nós mulheres fazemos história diariamente e que cada vez mais estamos conquistando posições que antes eram vistss como sendo exclusivamente masculinas. E não temos limites,  estamos ocupando diversas áreas, seja na grande culinária, na arte, engenharia, filosofia, política…e agora conquistamos o espaço!

No dia 29 de março, as astronautas Christina Koch e Anne McClain fizeram a primeira caminhada só de mulheres pela Estação Espacial Internacional (EEI). As duas fizeram parte da turma da NASA de 2013 que era 50% feminina.

E o que elas foram fazer lá? As duas decolaram para trocar as baterias instaladas no meio do ano passado e manter as estruturas espaciais funcionando. E enquanto faziam isso do lado de fora, aqui em Terra elas  tinham o apoio de outras duas mulheres, a Mary Lawrence e Kristen Facciol, ambas da Agência Espacial Canadense.

Compartilhar esse tipo de curiosidade com vocês não é apenas para entreter, mas é porque exaltar trabalhos importantes e significativos faz toda a diferença. Já tivemos mais de 200 caminhadas espaciais desde 1998 e de acordo com a NASA, dos 500 viajantes até agora, menos de 11% eram mulheres. Em outros termos, das 500 pessoas que viajaram, menos de 50 eram mulheres nestes 21 anos de viagens espaciais.

 

Orgulho demais dessa equipe e de todas as mulheres que estão mostrando que somos capazes de qualquer coisa. E falando nisso,  vocês sabem quem foi a primeira mulher a fazer uma viagem espacial? No dia 25 de julho, a soviética Svetlana Savitskaya tornou-se a primeira mulher a realizar uma caminhada espacial.

 

Espero que vocês tenham gostado e saiam espalhando essa curiosidade tão pouco falada pelas redes e deixe nos comentários/redes sociais, mulheres que te inspiram e marcaram a história.


Óleo de coco para os cabelos

São inúmeros os benefícios do coco. Seja sua água (que não tem nada melhor para se refrescar), a polpa, ou as infinitas utilidades com seu óleo.

O tão famoso óleo de coco é usado como emagrecedor, tempero para comidas diversas e matéria-prima para produtos de várias ordens. Agora, a nova modalidade é como “remédio” capilar e, claro, fomos testar.

A dica é bem simples:
1.Aplique antes do shampoo qualquer condicionador ou neutralizante com o Ph baixo, deixe agir de 2 a 3 minutos.
2.Remova com bastante água.
3.Aplique o shampoo deixe agir por 1 minuto, enxague e aplique novamente.
4. Finalize com seu condicionador de costume.
5. Dessa forma o condicionador além de ajudar a selar e neutralizar o óleo ele também vai desembaraçar e ajudar na aplicação do shampoo.
O resultado? O cabelo ficou MA-RA-VI-LHO-SO! Dá um brilho e maciez absurda.
Depois de testar que nós fomos procurar saber mais na internet e descobrimos que além do aspecto incrível, o óleo de coco é ótimo para a saúde dos fios.

Você consegue comprar facilmente em loja de produtos naturais, alguns mercados e até em farmácias.

Se jogue!


O Novo (Velho) Jeans

Como é sua relação com o jeans? Ama, desgosta, usa pouco..?
De um jeito ou de outro, essa é uma peça chave que existe há anos e já passou por diversas fases, estilos e lavagens. Poucas pessoas sabem que originalmente o jeans foi criado para ser uniforme de operários. Como ele era feito de um material mais firme e durável, está peça era perfeita para ser usada pelos trabalhadores do campo e marinheiros.

Hoje em dia ela se transformou em um item essencial em nossos armários e com um sentido completamente oposto ao de sua origem.
Mas como o jeans ganhou tanta popularidade? Bom, ele começou a ser fabricado na Europa por volta de 1972 na França, mas o início de sua fama começou quando ela cruzou os mares em 1853 e chegou aos Estados Unidos. Lá ela foi patenteada pelo jovem judeu alemão, Levi Strauss, que percebeu a utilidade da peça para os mineradores.

O primeiro lote de calças tinha como código a numeração 501, que acabou se tornando o modelo mais famoso da conhecida marca Levi’s. O crescimento da produção e disseminação do jeans mundo a fora foi impulsionado pela Segunda Guerra Mundial, quando as fardas dos soldados eram feitas desse material e foi usada como símbolo de virilidade.
E é claro que as clássicas calças jeans passaram por por vá e várias mudanças: em 1860 acrescentaram os botões de metal, em 1886 coseram as etiquetas de couro no cos da calça e só em 1890 que a cor azul índigo foram usadas nas calças.

Curiosamente o jeans foi uma peça que passou por um processo diferente, saiu da “massa” e que chegou até os estilistas e amantes da moda.
E se pararmos para analisar o street style dos fashionistas que passaram por todas essas últimas temporadas de moda, as calças jeans apareceram vestindo a maioria deles.
Seja o comprimento cropped, rasgado, com franja, flare ou o jeans mais pesado, o que tá todo mundo usando é a tal da calça com aspecto total vintage e o comprimento na canela.
E você, qual prefere? Mando foto pra gente, usa a #gogoia e comenta aqui. Vai ser nosso prazer ver e compartilhar o que vocês estão vestindo


Curiosidade sobre a alta-costura

Alta-costura, se eu te perguntar, você sabe me dizer o que realmente significa? já é conhecido por muita gente que grifes como Christian Dior e Chanel são de alta-costura, mas e aí, o que isso quer dizer, afinal?

De acordo com o Ministério Francês da Indústria e Fédération Française de la Couture, existem regrinhas pra se enquadrar no termo como ter clientes VIP, preços sob medida, um ateliê em Paris com no mínimo 20 profissionais e duas coleções por ano, com vestuário diurno e noturno.

Não é pra qualquer um, né? Mas saiba também que a alta-costura influência as peças que você veste, pois é inspiração pra coleções que chegam até nós!

Agora vocês sabem um pouco mais sobre este universo e como ele chega até nós de uma maneira um pouquinho diferente. Tem alguma pergunta ou questão sobre o assunto? Compartilha comigo clicando aqui, vai ser um prazer responder vocês.