BR Confidencial

Você sabia?

História dos blocos: Suvaco do Cristo

O Suvaco do Cristo desfilando pelo Jardim Botânico em 2015 - Foto: Fernando Maia/Riotur

O Suvaco do Cristo desfilando pelo Jardim Botânico em 2015 – Foto: Fernando Maia/Riotur

Nascido no ano de 1986, o bloco Suvaco do Cristo é também um dos mais queridos e, apesar da pouca idade, é também um dos mais identificados com o carnaval de rua carioca. Como o próprio nome explica, o Suvaco nasceu no bairro do Jardim Botânico, sob as axilas dos braços abertos do Redentor, no morro do Corcovado. Seu nome surgiu de uma fala do compositor Tom Jobim, morador do bairro, que dizia que em sua casa tudo mofava justamente porque ele morava no suvaco do cristo.

Cynthia Howlett, madrinha e porta-bandeira do Suvaco - Foto: Divulgação

Cynthia Howlett, madrinha e porta-bandeira do Suvaco – Foto: Divulgação

Vindo da praia, como um bloco para reunir os amigos – entre eles o compositor Jards Macalé, Lenine e o poeta Chacal – o Suvaco cresceu, se tornando um dos mais populares blocos da Zona Sul do Rio. O Suvaco desfila pelo bairro do Jardim Botânico uma semana antes do Carnaval e também no domingo, e o ponto de encontro permanece o mesmo desde sua fundação: o bar Jóia, na esquina da Jardim Botânico com a Rua Faro.

Foliãs - Foto: Divulgação

Foliãs – Foto: Divulgação

Em 2006, derivado do Suvaco, nasceu o Suvaquinho, bloco infantil formado em sua maioria por crianças do morro Santa Marta.

Deixe uma resposta

Comentar