Oi, gente,

Este post é especialmente para quem ama viajar – seja no início, meio ou fim do ano – mas não sabe qual mala levar. Pensando nisso, eu reuni alguns truques que aprendi com as minhas viagens pra você não se atrapalhar, o que acham?

O primeiro passo é escolher um modelo que seja compatível ao seu destino. Isso inclui pensar no tempo que você vai passar fora, meio de transporte, conteúdo a ser levado e locomoção. As malas flexíveis, conhecidas também como bolsa para viagens, geralmente têm bases rígidas, compartimentos e são carregadas pelas alças – essas são ótimas opções para quem vai levar menos roupa e quer praticidade.

O modelo é indicado pra viagens com pouca duração e que não seja preciso levar muitas roupas, pois as peças tendem a amassar e os objetos não ficam muito protegidos, fora o peso pra carregar, né? As mochilas são ótimas pra quem vai viajar por pouco tempo ou então pra quem vai fazer um mochilão ou visitar muitos lugares por meio de transporte rodoviário ou ferroviário.

Há também as malas com rodinhas (as minhas preferidas pra qualquer caso), indicadas tanto pra viagens curtas quanto as de longa duração. Nesse caso é só pensar no tamanho ideal pra cada situação.

Outra coisa indispensável é colocar identificação na mala, além de um cadeado pra proteger os seus itens pessoais, principalmente em viagens internacionais. Quando o aeroporto não permitir cadear a mala (muitos nos EUA não permitem), não abra mão pelo menos do lacre! É só pedir no check in! Mas claro, nada de objetos de muito valor dentro da mala pra despachar, né? Esses itens você leva na malinha de mão. Espero que você aproveite ainda mais a viagem com estes conselhos e nos vemos no póximo post!

Até já e boa viagem!